Qual a importância da Telemetria para a Gestão de Frotas?

Os gestores estão cada vez mais reconhecendo a importância de uma gestão de frotas eficaz e seus impactos nos resultados da empresa.

Com isso, diversas soluções tecnológicas têm sido desenvolvidas, a fim de oferecer melhorias na forma como as rotinas são conduzidas.Uma dessas soluções é a telemetria, uma ferramenta que contribui de forma eficiente na gestão de recursos.

A telemetria pode ser definida com um sistema de monitoramento que é utilizado para rastrear, medir ou enviar comandos a algum equipamento que esteja distante.

A comunicação é feita através de redes sem fio – via satélite ou ondas de rádio. Ela pode ser aplicada no monitoramento de energia, na agricultura, e claro, na gestão de frotas, entre outros.

A principal vantagem dessa tecnologia é a possibilidade de uso em lugares mais remotos e em objetos que estão se movendo constantemente (como os veículos de uma frota, por exemplo).

Dessa forma, ainda que parados ou em movimento, independente da distância, é possível capturar as informações e transmiti-las para uma central de controle, que gerencia o acompanhamento dos dados coletados.

Como a telemetria pode beneficiar a gestão de frotas? 

Uma série de dados e informações sobre vários aspectos do funcionamento dos veículos e do comportamento do motorista são oferecidos através dos sistemas de telemetria aos gestores da frota. Esses dados e informações diversas podem ser transformados em indicadores chave de performance – os chamados KPIs (key performance indicators) que, se aplicados corretamente na gestão de frotas corporativas, podem proporcionar uma série de benefícios:
1. Redução de custos 

Por permitir o acompanhamento em tempo real dos veículos da frota, a telemetria ajuda a reduzir os custos, fazendo com que os motoristas dirijam de forma mais consciente, reduzindo a velocidade e consequentemente o consumo de combustível e a ocorrência de acidentes.

Além disso, a telemetria permite o acompanhamento de manutenções periódicas e condições adversas de funcionamento dos veículos, que, se tratados adequadamente, diminuem a necessidade de gastos com serviços de manutenção corretiva e sinistros relacionados a panes e falhas mecânicas.

2. Acompanhamento em tempo real 

Saber como cada veículo está desempenhando suas funções neste momento faz com que a gestão possa se tornar muito mais ágil. Assim, a telemetria permite a tomada de ações preventivas em várias situações nas quais é necessário atuar rapidamente.

Um dos indicadores fornecidos pela telemetria veicular é o tempo de direção, que indica a duração do trabalho do motorista. Cruzando esta informação com a sua posição geográfica, é possível alertá-lo para a necessidade de terminar o seu turno e minimizar o acúmulo de horas extras desse pessoal, por exemplo.

3. Maior segurança no trânsito 

O acompanhamento em tempo real permite também, acompanhar a forma como os motoristas dirigem e criar padrões de condutas desejados. Isso ajuda a reduzir infrações e acidentes de trânsito.

Todas as vezes que alguma conduta diferente for tomada, como ultrapassar a velocidade máxima permitida, por exemplo, o sistema automaticamente gera um alerta para a central de monitoramento, o que viabiliza o tratamento imediato em caso de qualquer contingência.

Roubos e assaltos podem ser solucionados muito mais rápido quando se possui um sistema de telemetria ativo. Além de identificar a localização, a velocidade e outros dados sobre o veículo, é possível desligar o motor e até mesmo travar suas portas, por exemplo.

4. Gestão inteligente 

Através da telemetria é possível acompanhar tanto o desempenho de cada veículo, como o de cada condutor, separadamente, tornando mais fácil o processo de identificação de falhas e melhorias.

Além desses benefícios, a automatização do controle de manutenções da frota através da telemetria permite maior controle e agilidade na gestão. Uma série de indicadores são enviados sobre o funcionamento dos veículos, que são usados para dimensionar e agendar manutenções preventivas e corretivas, entre outros dados. Assim, o planejamento financeiro se torna mais previsível, o que é extremamente saudável para a empresa em médio e longo prazos.

Como você acha que a telemetria transformaria a gestão de frotas em sua empresa? Compartilhe a sua opinião conosco nos comentários abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *